Informações
  • Publicado em: 13/09/2016

Com o case “O gigante do Sul”, o Nações Shopping foi o vencedor prata do Prêmio ABRASCE (Associação Brasileira de Shopping Centers) na categoria Novos Empreendimentos. O resultado foi divulgado na noite de ontem (12/09) durante a cerimônia de premiação no 14º Congresso Internacional de Shopping Centers & Exposhopping, em São Paulo.

Com investimentos de R$ 250 milhões da Almeida Junior, empresa líder no segmento de shopping no Sul do país, o Nações Shopping inaugurou no dia 16 de abril, na maior cidade do sul de Santa Catarina, Criciúma. Foi o primeiro a ser inaugurado na Região Sul do Brasil em 2016, e ainda o primeiro em todo o Brasil com ABL (Área Bruta Locável) superior a 30 mil m², segundo dados da ABRASCE.

Apesar do cenário de desafios para a economia brasileira, o Nações Shopping abriu as portas com 92% da ABL locada. Trouxe para a região grandes marcas do varejo nacional que até então não estavam presentes, além de inovações em lazer, com salas de cinema VIP, entretenimento e tecnologia.

Para o CEO da Almeida Junior, Jaimes Almeida Junior, vencer o Prêmio ABRASCE é um reconhecimento da determinação e ousadia da empresa em construir e inaugurar um empreendimento do porte do Nações num ano que indicava retração de investimentos. “Levamos nosso projeto adiante por acreditar no potencial da região e o desempenho do Nações Shopping nos primeiros meses demonstrou que nossa decisão foi assertiva”, afirma o empresário.

Com 37 mil m2 de ABL e 223 lojas, o Nações Shopping é um equipamento de última geração, possui um projeto diferenciado que valoriza as operações e a interação com os consumidores. O shopping foi erguido em apenas 14 meses e trouxe diferenciais no uso de materiais e tecnologias que permitiram agilidade e segurança durante a obra. O mall ocupa um único pavimento, com corredores amplos, muita iluminação natural e lounges bem ambientados. O mix está bem ancorado com grandes marcas do varejo em equilíbrio com operações regionais. “Foi um enorme desafio desde o início das obras até a inauguração, mas sempre acreditamos que existia um vácuo entre as capitais Florianópolis e Porto Alegre e hoje o Nações ocupou este mercado com liderança absoluta, sendo o maior entre as duas capitais”, reforça o CEO da Almeida Junior.

O Prêmio ABRASCE recebeu 8 inscrições na categoria Novos Empreendimentos, dos quais apenas 3 foram contemplados com a premiação. Os avaliadores levaram em conta itens como o impacto que o empreendimento trouxe para a sua região, práticas de sustentabilidade, mix e ancoragem, impactos na concorrência, aspectos arquitetônicos, atratividade para o consumidor, comunicação visual, entre outros.

“Estamos muito honrados com o Prêmio ABRASCE que reconhece e valoriza o trabalho de toda nossa equipe para entregar à região Sul um empreendimento diferenciado. Já somos referência para o público que procura as melhores opções em compras, lazer, entretenimento, gastronomia e bem-estar”, destaca o superintendente do Nações Shopping, Marcos Erichsen.

A gerente de marketing do Nações, Sil Citadin, aponta o perfil inovador do empreendimento como um dos fatores de sucesso. “Interagimos com o cliente aqui dentro e também nas nossas plataformas digitais. Somos o primeiro shopping 100% digital da região. Além disso, toda semana tem uma novidade, seja uma atração para a família ou uma nova operação”, afirma a gerente.

 

Sobre a Almeida Junior

Fundada em 1980, a Almeida Junior tornou-se a maior empresa de shopping centers no Sul do país, com seis shoppings em Santa Catarina. Está presente nas regiões economicamente mais importantes do Estado: Blumenau (com o Neumarkt Shopping e o Norte Shopping), Joinville (com o Garten Shopping), Grande Florianópolis (com o Continente Shopping), Balneário Camboriú (com o Balneário Shopping) e em Criciúma (com o Nações Shopping). Juntos, os shopping centers da Almeida Junior somam 224 mil m² de ABL (60% de market share em Santa Catarina) e mais de 1.800 lojas. Dados de 2015 apontaram um fluxo de 55 milhões de pessoas, 7,8 milhões de veículos e vendas de R$ 2,5 bilhões. Neste primeiro semestre de 2016, os seis shoppings já receberam um fluxo de 28 milhões de pessoas, 4 milhões de veículos e registraram vendas de R$ 1,3 bilhão.

Compartilhar
Indicar para amigo